Você está começando sua carreira como desenvolvedor de jogos, ou quer começar? Então se liga na Gamemaker.

Essa é uma game engine feita realmente para quem está começando, com uma interface bastante simples e intuitiva.

Tudo o que você precisa para construir um jogo ela oferece: fontes, texturas, sons, músicas, dentre outras tantas coisas que você precisar.

O sistema é bem simples. Funciona na base do “arraste-e-solte” para agilizar sua vida e melhorar a sua experiência com a engine.

Resumidamente você será capaz de criar jogos de qualidade sem ter nenhum conhecimento em programação.

Agora se você já é programador não se preocupe. Você pode usar a linguagem GameMaker Language que te possibilita controlar todos os detalhes de produção do jogo.

Vamos então, falar um pouco mais sobre essa ferramenta fantástica.

Gamemaker

Gamemaker é bom mesmo?

Por ser uma engine bastante fácil de usar com uma interface intuitiva, ela é excelente para quem está começando a se aventurar nessa profissão.

Além disso, ela conta com uma opção chamada debugging mode que ajuda o seu jogo a ficar livre de erros.

Convenhamos, um jogo pode ser muito bom e divertido, mas se ele fica bugando toda hora, a gente simplesmente abandona, não é verdade?

Bom, quando você opera o debugging mode o Gamemaker vai te dar acesso a diversas funções que mostram mensagens que ajudam a identificar os possíveis erros.

Por isso, testar o jogo na plataforma é crucial para que o usuário realmente tenha uma experiência divertida e prazerosa com seu game.

É importante falar aqui também que esses testes são importantes demais se você estiver fazendo jogos para celulares e tablets.

Pois é normal que alguns erros só apareçam quando são feitos testes na plataforma alvo do jogo.

E o Gamemaker te permite isso. Ah, e o que é melhor: sem a necessidade de criar um arquivo executável ou até mesmo instalar o jogo no dispositivo.

É só você escolher a plataforma alvo e deixar que o Gamemaker faz o resto por você.

Anúncios no Gamemaker

Sabe uma das coisas mais legais do Gamemaker? Ele tem uma série de opções chamadas Developer Services.

Essas opções oferecem soluções que objetivam monetizar e analisar as estatísticas de todos os seus jogos.

Por isso, o Gamemaker facilita a configuração de vários tipos de anúncios diferentes para ajudar a rentabilizar o seu game. Interessante não?

O sistema para selecionar as opções de anúncio é bastante simples o que te permite se concentrar em fazer um jogo divertido sem precisar ficar pensando nas configurações corretas dos anúncios.

São diversas as empresas anunciantes:

  • Supersonic ads;
  • MoPub;
  • InMobi;
  • AdColony;
  • Millennial Media;
  • iAds;
  • PlayHaven.

As compras realizadas dentro do jogo também podem ser configuradas de maneira bastante simples.

Isso ajuda a aumentar o lucro do seu jogo, pois te permite implementar o sistema de monetização conhecido como Freemium.

Funciona assim: é distribuído um jogo gratuito para o usuário com algumas limitações.

Para retirar essas limitações como aumento de fases, comprar moeda virtual do jogo, o usuário pode efetuar compras dentro do game. Legal né?

Isso sem contar que você também pode configurar serviços que analisam os dados do seu jogo com bastante facilidade.

Por meio desses dados você fica sabendo como o jogador interage com seu jogo, quanto tempo ele joga por dia, quantos jogadores ativos existem, dentre outras informações.

Hoje o Gamemaker conta com uma solução de integração simples para dois desses serviços: o Flurry e o Google Analytics.

Jogos desenvolvidos no Gamemaker

Jogos desenvolvidos no Gamemaker

Há diversos jogos que fazem bastante sucesso e que foram desenvolvidos no Gamemaker.

São gamers que se dedicaram e criaram jogos que acabaram caindo no gosto popular. Para você ver como é possível ganhar dinheiro com essa engine.

Bom, vamos então falar um pouco sobre cada um desses jogos.

Gunpoint

Gunpoint

Esse jogo foi desenvolvido por Tom Francis no ano de 2010. Aqui entre nós: ele não sabia nada de programação.

Ele mesmo afirmou isso quando disse: “Eu queria ver se, com pouco tempo disponível, pouco talento e nenhuma experiência, eu poderia fazer um jogo.”

O resultado foi que três anos depois de lançar o game ele largou o seu emprego e passou a se dedicar exclusivamente em desenvolver jogos.

Matthew Bowden

Matthew Bowden

Esse foi um outro jogo desenvolvido por um iniciante, que assim como Tom Francis, passou a fazer sucesso com o desenvolvimento de games.

Matthew criou esse joguinho sem nenhuma pretensão, todavia, o sucesso foi tamanho que hoje ele só trabalha com isso. E ganha muito bem.

Out There Somewhere

Esse jogo além de incrível foi desenvolvido no Brasil pelo estúdio MiniBoss.

Nele você precisa controlar um astronauta chamado Yuri que está preso em um mundo cercado de desafios.

Yuri precisa então solucionar esses desafios usando uma arma de teleporte. Bom, o resto do jogo vou deixar para você conferir e se divertir.

Battleships Forever

Battleships Forever

Para criar esse jogo, Sean Chan trabalhou por quase dois anos. O sucesso foi tanto que ele foi nomeado em um dos maiores festivais de jogos do mundo: o Indie Game Festival (IGF).

De acordo com o próprio Chan, foi o seu trabalho nesse jogo que fez dele um game designer.

Afinal, com a indicação do jogo ao IGF, ele conseguiu um bom trabalho em uma desenvolvedora de jogos reconhecida mundialmente, a Bungie.

Requisitos e versões do Gamemaker

Requisitos e versões do Gamemaker

O Gamemaker Studio é desenvolvido pela Yoyo Games, que conforme já dissemos, permite a criação de jogos em 2D e 3D.

Ele existe em duas versões: Lite e Pro.

A versão Lite apesar de ser gratuita possui diversas limitações como bloqueio das ferramentas multiplayer e 3D.

Isso sem contar que a marca do logotipo do programa fica aparecendo nos jogos.

Já a versão Pro é bem mais completa e possui todas as funcionalidades que citamos neste artigo. O preço dela é de aproximadamente US$ 25.

A engine está disponível tanto para Windows quanto para MacOS. Como ela é simples, não é necessário configurações muito sofisticadas para rodar.

Bom, agora é com você. Arregace as mangas e crie jogos incríveis. Quem sabe você poderá tornar-se um desenvolvedor profissional de games. Por que não?

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *